Web Analytics

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ouro: uma idiotice só

E ae, pessoal? Fiquei um tempo sem postar, pois além da correria do dia-a-dia, estava lendo um livro bem legal sobre as grandes crises financeiras que já tiveram no mundo. E recomendo MUITO. O livro é excelente! Não conseguia parar de ler.
Mostra o passo-a-passo do nosso atual mundo. Muito legal mesmo.
O livro é: CRASH, do Alexandre Versignassi.
Não estou ganhando nada para divulgar, mas é que achei o livro muito interessante mesmo.
Voltando ao tópico, quando eu comecei a estudar o básico de química notei que o ouro era realmente um metal importante. De fato, ele é resiste bem ao tempo e a corrosão. E o brilho dourado dele causa um certo encanto. Só pra constar, a Platina é mais “resistente” que o ouro.
Mas será que é isso, pelo fato de ser escasso e ter algumas utilidades mais nobres? Você conhece o elemento químico Índio ? O que ele tem a ver com isso? Vamos pelo ouro primeiro.
Bom, mas com o tempo fui percebendo que o ouro tem poucas aplicações na vida prática. Um dos problemas é que ele é muito escasso. De nada adianta descobrir um super-material se não temos o suficiente. É melhor usar um meia-boca, que tem bastante, e de tempos em temos trocar. Assim, ninguém constrói cascos de navio com ouro. E não é nem pelo valor, não. Digo, obviamente o valor impossibilita. Mas se o ouro fosse algo barato, muito provavelmente não seria usado. Ferro é muito mais abundante que ouro. Não valeria a pena construir um navio de ouro, por exemplo (até porque a água do mar castiga até mesmo este metal dourado).
Filosofias a parte, sempre achei uma tremenda loucura esse negócio de em crises “investir” em ouro.
Mas depois que li este livro das crises, tive uma visão melhor da coisa. O padrão antigo era metal. Tudo bem pra época. Mas ATUALMENTE, o ouro a meu ver é só um resquício do passado. Vejam que passagem interessante retirei do livro:
O padrão-ouro parecia fazer todo sentido, tanto que muita gente acha que o dinheiro de hoje é lastreado em metal. Mas no fundo era um sistema imbecil. É só pensar: manter o padrão-ouro consistia em desenterrar o metal em uma mina num grotão qualquer para enterrá-lo de novo nos cofres dos Bancos. O mecanismo rende um episódio de South Park. Era o planeta inteiro mobilizando uma força soberba de trabalho para minerar e transportar o metal. Tudo com a única função de fazer as pessoas acreditarem que o dinheiro de papel que elas carregavam não era só papel. E mais importante. Na prática, eram governos fazendo um grande trabalho de autopoliciamento. Para não sucumbir à tentação de imprimir dinheiro demais, valia a pena colocar milhares de homens a serviço de uma tarefa que, em última instância, era completamente inútil: desenterrar ouro e enterrá-lo de novo. Isso não enchia barriga nem produzia nada de útil. Sim, havia as joias. E ainda há. Mas praticamente todo o ouro ia para essa função abstrata que era servir de lastro para o dinheiro de papel.
            Para piorar, isso prendia toda a economia à produção de ouro. Se descobrissem quantidades imensas de novas minas, como aconteceu na Califórnia e no Alasca no século XIX, rolava inflação, por exemplo.(...)”
E, pra mim, isto mostra como o nosso sistema capitalista ainda está longe, mas muito, muito, muuuuuuuuuuuito longe de ser um sistema que seja bom para sociedade.
O que isso tem a ver? Simples: atualmente só fazemos o que dá lucro, não fazemos o que tem que ser feito.
A parte do “o que tem que ser feito” cabe ao governo em nosso sistema, mas o governo nada mais é do que uma outra entidade controladora.
Porque os EUA não querem reduzir as emissões de carbono? Porque iria esfriar a economia. Que se dane o planeta, o negócio é termos bastante dinheiro, mesmo que venha um nova era glacial.
Sério, isso faz sentido?
Por que não investir pesado, como investem na indústria petroleira, em energia solar? Temos uma fonte abundante de energia que com avanços tecnológicos se tornaria praticamente de graça.
Mas num planeta sustentando economicamente em petróleo, os governos não se movem, pois têm medo de estagnar a economia. Ou seja, não fazemos o que seria o lógico (investir em tecnologias limpas e abundantes). Fazemos o que dá lucro (investir em tecnologias “sujas” e finitas).
Novamente, isso faz sentido? Parece inteligente? Inteligente com certeza não é, mas dá lucro! Este é o problema: o lucro!
Vejam a total estupidez sobre o ouro: hoje a exploração destrói absurdamente grandes áreas vegetais, polui rios, enfim, é uma das atividades exploratórias mais poluidoras. Mas por quê? Pois ele “vale” muito. “Vale”, entre aspas, pois em termos realmente práticos não vale tanto. É como uma tulipa da Holanda de 1700. É um status.
Quando vemos esse tipo de coisa e olhamos para milhares de pessoas passando fome e morando nas ruas no próprio país, é pra percebermos que tem alguma coisa MUITO errada.
Na minha visão, o capitalismo não é um bom sistema para sociedade como um todo. O problema é que até hoje não inventaram um sistema melhor.
Agora imagine uma catástrofe, ou guerra ou algo que seja. Você vai querer ter barras de ouro estocadas em casa ou alimentos?
De qualquer maneira, investir em ouro, ao meu ver, é como investir numa tulipa. Em algum momento, não sei quando, o mundo acordará e ele não deverá valer tanto. Só não sei quando será isso. A diferença de hoje pra época é que o governo ainda aceita ouro. Caso não, creio que o mesmo não deveria valer lá muita coisa.
Tá bom, mas e o tal do Índio?
Se você pensa em oferta e demanda, sem novas jazidas o ouro acabaria em 36 anos. Sugiro investir no Índio (elemento químico). É utilizado em Televistores LCD e sua previsão é de acabar em 4 anos. Se o consumo atual permanecer inalterado, ele duraria 13 anos.
E aí? Ouro ou Índio para investir?
Grande abraço!

43 comentários:

  1. di Finance,

    Poderia nos dizer que episodio do South Park é esse?

    Sou fa, hehe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu retirei esse trecho do livro, não sei qual é o capítulo (ou se tem mesmo).

      Excluir
    2. Anônimo,

      achei um legal:

      http://www.southparkstudios.com/full-episodes/s16e02-cash-for-gold

      Não é sobre o assunto, mas mais pro final ele mostra a rota do ouro.

      Isso sem é fabricar dinheiro! rsrsrsrs

      []s!

      Excluir
  2. com todo respeito, mas a onça do ouro subiu 900% em 12 anos e vc me diz que isso é uma idiotice??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela quizer, que investir em ouro é investir em nada pois é algo ilusorio... que não tem nennhum valor prático.

      Mas ai recorremos em asunto mais profundo sobre a "ilusão" que é o dinheiro.

      Por exemplo, se da uma crise mundial... 3 Guerra mundial... O que aconteceriam com as contas de todo mundo? e as empresas que mantem operações internacionais.

      Na verdade é tudo ilusão, TUDO ilusório... Dinheiro é informação... =) e mais nada.. apenas dados de computador.

      Ta e para que ter dinheiro, bom... na verdade para se libertar, ou seja.. Sair desse acorretamento com esse tal de dinheiro.

      :D

      Excluir
    2. Às vezes penso que estou escrevendo em grego.

      Minha crítica não é em relação à valorização do ouro.

      Minha crítica é em cima do PORQUÊ esta valorização.

      Excluir
    3. O porque é simples, um medo de crise sistemica financeira, com o enfraquecimento dos EUA e Europa (Dolar e euro) investidores buscam a proteção de patrimonio.

      Excluir
    4. Milionário aos 30,

      "TUDO" é ilusório? Discordo totalmente. O seu trabalho é real. Vc acorda, levanta, faz esforço físico e mental, precisa se alimentar para fazer tudo isso. Essas coisas são muito reais.

      O dinheiro é apenas uma ferramenta de troca. Se vc é um padeiro, ao invés de vc ir na feira com um monte de pãezinhos para trocar por verduras, vc leva dinheiro. É infinitamente mais prático.

      Mas nada é perfeito: a história mostrou que o dinheiro tem que estar no mesmo nível da produção, caso contrário surgem problemas como inflação/deflação. Isso é um perigo, mas totalmente gerenciável.

      O problema é esse pensamento do lucro. A coisa torna muita coisa no mundo uma verdadeira idiotice mesmo.

      []s!

      Excluir
    5. Sim, sim, Ostra, mas por que o ouro?

      Escassez? Temos vários outros materiais mais escassos.

      Durabilidade? Temos materiais mais duráveis.

      Aplicações? O ouro é o metal da futilidade, por assim dizer.

      Este porquê vem do histórico. E nada mais.

      Da mesma forma que pessoas mais velhas aqui no Brasil só sabem investir em imóveis. É algo que fica e se arrasta durante muito tempo.

      E outro detalhe importantíssimo: enquanto os governos aceitarem como moeda de troca, será valorizado.

      Excluir
    6. dimarcinho

      A ilusão, está nessa troca que vc mesmo disse, vc se esforça, trabalha, para no fim do mês receber o que? Dinheiro? Mas o que é dinheiro?

      Pensando nos dias de hoje, que a maioria usa cartão.. vc tem dinheiro no cartão?

      E o dinheiro que entrou na bolsa? vc tem ele? onde?



      MAs não quiz dizer que vc se alimentar trbaalhar não esta acontecendo ehhehe não quis dizer que vc está na matrix e eu sou o new kkkkkkk :D

      Apenas, que para mim dinheiro é fluxo e informação e mais nada, e aprender a lidar com isso é importante para a "liberdade" e para fazer as coisas que realmente te agradam, e não por que vc tem que ganhar dinheiro.

      Excluir
  3. rsrs tudo é ilusório, quer uma ilusão maior q ações? Ouro é fisico, palpavel, por isso muitos gostam. Mas varios investidores do mundo já estão partindo para outros metais como niquel por ex.

    Ouro não é investimento, é proteção de patrimonio, quem possui em carteira (ouro fisico) é para uma situação onde absolutamente tudo já deu errado, claro q em caso de uma guerra o mais importante é comida e água, nem se discute isso durante um periodo desse, mas no pós 2ª guerra muitos judeus se reergueram por conta das joias e peças de ouro que possuiam.

    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coisa do físico é muito relativa, Ostra.

      Nossos Direitos estão escritos num pedaço de papel chamado Constituição. Eles são infinitamente mais importantes do que o papel em si.

      A questão sobre o ouro é justamente essa: até quando ele será proteção de patrimônio?

      As pessoas se adaptam. Se a partir de amanhã disserem que o ouro vai ser todo convertido em caranguejos da Jamaica, vai começar uma correria louca no mundo pra caçar esses caranguejos.

      E voltamos ao trecho que retirei do livro: faz algum sentido isso?

      Excluir
    2. dimarcinho

      esse 'pedaço de papel' pode ser ignorado a qualquer momento! Nossos direitos podem ser mudados, militarismo foi um exemplo disso, varios outros paises passaram por situações semelhantes onde os 'direitos' simplesmente acabaram.

      o ouro é proteção de patrimonio desde antes de Cristo, era utilizado como moeda de valor no antigo Egito. Até quando isso acontecerá? não sei, não tenho bola de cristal, mas duvido que essa situação mude tão rapidamente.

      qto ao lastro do dinheiro em metal ele existia por um motivo simples: para não se criar dinheiro de forma insana, que é justamente o q os EUA estão fazendo, o lastro nem seria tão importante se o FED não apertasse o botãozinho da impressora a todo momento, se o sistema financeiro por ex não fosse controlado pelo governo.

      não sou a favor dos Gold Bugs, e tb não vejo sentido algum na economia mundial, mas temos que jogar conforme as regras não é? A alta do ouro não teve sentido? pode ser, mas aproveitei o inicio dela e coloquei ele na minha carteira rsrsrs

      Excluir
    3. Ostra,

      eu entendo perfeitamente tudo q vc falou que, inclusive é o q está nakele trecho que retirei do livro.

      Minha crítica é algo mais profundo, ao próprio funcionamento do sistema e a consequência do mesmo em nossa sociedade.

      A sociedade evolui e, com ela, as regras do jogo precisam ir evoluindo também! ;)

      Excluir
    4. dimarcinho, nossa sociedade tinha que evoluir em muitas coisas, principalmente na ética, mas não funciona dessa forma, se eu fosse definir de alguma forma eu diria nosso sistema é um lixo rsrs

      questionar o sistema não irá muda-lo, os grandes comandam. Ja desisti a muitos anos de questionar os 'por ques', atualmente eu questiono: 'para onde vão agora?' e tento acompanhar o movimento antes da manada chegar, e sair qdo eles se atropelam.

      se vc é um investidor o porque não faz diferença alguma, não vai mudar o jogo.

      Excluir
    5. Sem sobra de dúvidas, dona Ostra!

      Mas se não começarmos a nos questionar sobre o q acontece a nossa volta, nunca vamos identificar os erros para poder buscar melhorias.

      Tenho certez que todos aqui qdo começaram a estudar sobre Educação Financeira, ou leram algum livro do Cerbasi ou Mauro tiverem uma visão totalmente diferente do mundo.

      É como acordar da Matrix.

      Será que se sociedade INTEIRA enxergasse assim o sistemaa ainda permaneceria?

      Toda vez que vejo um mendigo na rua fico pensando quem tem algo MUITO, mas MUITO errado em nossa sociedade.

      Enfim, como sociedade ainda temos muito que evoluir. E assim como um viciado, a primeira coisa que precisa ser feita é admitir o vício, ou seja, que há algo errado.

      É um papo filosófico!

      []s!

      Excluir
    6. gosto de filosofar dimarcinho

      mas agora pensa um pouco e coloca os pézinhos no chão: a sociedade inteira enxergar e acordar? Amigo, 90% da sociedade não sabe nem o que faz no dia a dia, maioria é analfabeto funcional, contas só sabem o basico, muitos preferem fugir da realidade com alcool, drogas (licitas ou não), estao completamente perdidos em suas próprias vidas.

      Pq acha q os casos de depressão aumentam a cada dia?

      Excluir
    7. Exato, Ostra!

      Eu estou com os pés no chão. Não estou querendo começar uma revolução. Estou querendo compartilhar essa visão.

      Usando seu mesmo exemplo, a 90% da população está sob influêncai de 10%...

      Isso favorece a sociedade como um todo? Provavelmente deve favorecer os 10%, não é verdade?

      São coisas que a gente pensa e fica imaginando como seria um mundo melhor.

      Há 2000 anos atrás não existia cenário de uma mulher trabalhando e trazendo comida para casa.

      Hj é totalmente normal.

      A sociedade vai evoluindo aos poucos. ;)

      Excluir
    8. Ótima discussão a de vcs.

      Suas últimas palavras me lembraram de um trecho, de uma música do Lulu Santos:
      "...E assim caminha a humanidade, com passos de formigas e sem vontade..."

      Excluir
  4. É obvio que eu entendi a sua crítica do "porque" o ouro ser tão valorizado. Mas amigo isso não existe. Isso não é tolice. Isso é MERCADO. E uma coisa eu aprendi, não tente entender o que acontece no mercado, tente entender como você pode tirar VANTAGEM do mercado. Como você pode se aproveitar da sua eficiência ou ineficência.

    A sua comparação com a tulipa foi também totalmente infeliz. Tulipa nunca lastreou nada, foi sim uma bolha. Ouro não. É talvez o ativo com liquidez que mais se valorizou na história da humanidade, até hoje existem moedas lastreadas pelo metal (franco suiço por exemplo).

    ResponderExcluir
  5. Enquanto tiveremos, como sociedade, esse pensamento seremos uma sociedade inferior.

    Poderíamos ser muito melhores se não gastássemos tanto dinheiro e esforço em coisas que são inúteis, mas são consideradas de valor (ouro, diamantes, etc)

    Vc fala de MERCADO. Eu falo de SISTEMA.

    Não é tolice como vc colocou. Pensando superficialmente, como vc está fazendo, é tolice sim. Mas pensando mais profundo, olhando para a toca do coelho... bom, o trecho do livro diz tudo.

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que tá...você fala "se não gastássemos tanto dinheiro e esforço em coisas que são inúteis, mas são consideradas de valor (ouro, diamantes, etc..."

      Isso é inútel para VOCÊ. E se você não ve utilidade nisso é simples, não compre esses ativos....

      Mas ai eu te pergunto, qual a utilidade de um ativo? Gerar valor / preservar capital...Então se esse é o objetivo, creio que os citados por você (ouro e diamante) cumprem e muito bem o seu papel...

      Excluir
    2. Vc, definitivamente, ainda não entendeu nada do que eu disse.

      Não estou falando sobre investir. Estou falando sobre sociedade mesmo.

      O ouro não é matéria prima para nada útil. O que eu chamo de ÚTIL? Coisas que facilitam o seu dia-a-dia ou permitam que vc tenha uma qualidade de vida melhor.

      Carros (transporte), alimentos (necessidade fisiológica), equipamentos (segurança com menos esforço), roupas (proteção), telecomunicações (comunicação), são coisas que fazem parte do dia-a-dia.

      O petróleo, por exemplo, é INFINITAMENTE mais importante que ouro, dado seu uso na indústria atual. Sem ele precisaríamos rever MUUUUUITOS materiais. Um carro hoje, tirando o chassi e algumas poucas partes é praticamente inteiro feito de polímeros, os quais vêm do petróleo...

      Excluir
    3. Amigo definitivamente eu entendi o que você disse. Somente me recuso a entrar em um debate sobre sociedade/sistema. São assuntos que cada um carrega as suas opiniões e opinião é igual bunda, cada um tem a sua...vc não precisa concordar mais tem que respeitar...

      Eu acho que você que não entedeu a minha colocação. A questão que estou debatendo com você é a forma que você coloca o ouro como uma idiotice.

      Como eu já disse antes, o ouro é provavelmente o ativo que mais se valorizou em toda a história da humanidade. Como isso pode ser uma idiotice? Ou será que humanidade passou boa parte de sua hitório num surto de idiotice?...

      Esqueça essa comparação de ouro com petróleo com tulipa ou qualquer outra coisa. Cada um tem as suas utilidades e atratividades, sejam elas espulativas ou produtivas...

      A utilidade do petróleo é uma, do ouro é outra e por ai vai....Ai te pergunto, quem sou eu ou você para determinar que um ativo vale mais do que outro? Os mercados estão ai pra nos dizer...enquanto o a onça subiu 120% nos últimos 4 anos, o barril caiu 25%...

      S

      Excluir
    4. O ouro já foi muito utilizado como moeda. E como o metal era moeda de troca, é natural que o ouro fosse mais valorizado, pelo fato de não estragar.

      Mas atualmente... o trecho q eu retirei do livro explica tudo.

      Excluir
  6. Acredito que o livro seja mais uma crítica ao sistema capitalista do que o ouro em si. Não?

    Recomendo fortemente assistir esse filme (documentário): http://www.sonyclassics.com/whywefight/
    "Why We Fight"

    Em português: "Razões para a guerra". Não é difícil de achar nas locadoras. Mas o filme é tão bom que compensa comprar o DVD e deixar guardado.

    Abcs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não. O livro fala sobre as grandes crises financeiras.

      Paralelamente vai explicando como surgiu o dinheiro e tudo mais. Este é apenas um trecho do livro.

      Vou dar uma olhada nesse filme sim, FI.

      Estou lendo O Petróleo, do Daniel Yergin. Dinheiro (petróleo) é f***...

      Excluir
    2. Vi o filme esses dias, FI.

      Notou a ignorância das respostas do povo americano?

      As pessoas nem sabem o que estão acontecendo...

      []s!

      Excluir
  7. Parabéns pelo texto, dimarcinho.

    Se depender de mim, não coloco nem 1 centavo em ouro.

    Sei que nas crises tem um monte de gente que coloca dinheiro em ouro e o mesmo sobe, mas por quê?

    Por que é proteção de capital?

    Na hora do pega pra capar, prefiro ser dono de uma fazenda, que produz alimentos, do que ser dono de um punhado de ouro. Acho que eu teria mais poder de baganha do que os donos do ouro.

    Na hora do pega pra capar, se os papéis são tomados, o ouro também será tomado. Óbvio. Os imóveis serão tomados, ações, as propriedades, e o ouro.

    Mas como última escolha, prefiro ter um imóvel, uma fazenda ou uma empresa, que tem suas funções (abrigar, produzir alimento e gerar lucro) do que um metal cuja única função é reluzir.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, AdP! Obrigado pelo comentário.

      Apesar deu não investir em nenhum commoditie (inclusive ouro), minha questão é mais filosófica mesmo.

      Acredito que a sociedade ainda continuará utilizando ouro como "rota de fuga" em tempos de crise e desespero.

      Mas, como vc colocou, em tempos de guerra eu preferia ter uma fazendo pra tirar meu sustento, do que ter q utilizar o ouro (gastando ele) pra arrumar sustento...

      []s!

      Excluir
  8. Ai você tem que ver a sua necessidade. Se em uma guerra por exemplo, você tiver que deixar o seu país? Você não consegue carregar sua fazenda, mas consegue colocar umas barras de ouro na bagagem e ter liquidez em qualquer lugar do mundo.

    Se você está em uma crise, sem emprego...a fazendo realmente é útil....

    É bastante simples, não tem certo nem errado. Existe o que é mais útil no momento e o que é mais demandado pela população de maneira geral...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok.... Qual a necessidade do ouro para o mundo hoje?

      E qual a necessidade do petróleo?

      Entende como as coisas são meio incoerentes?

      Excluir
  9. Não, não são incoerentes. Qual a necessidade de de cigarro para um fumante? E qual a necessidade para um não fumante? Isso é uma coisa individual e a soma de todos os individuos forma o coletivo.

    Hoje muito mais que um metal o ouro é um ativo. As moedas também são ativos e são feitas de papel...e qual a ncessidade de papel para o mundo? Isso é uma discusão tola...porque ouro e não prata? ou porque não sal, ou porque não areia? Isso não importa, o importante é o valor intrínseco no ativo e esse valor é medido pela demanda desse ativo....Agora o que as pessoas vão fazer com ouro não tem a menor importância...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas vc está pensando como indivíduo. Eu como a sociedade como um todo.

      E vc bem colocou, não importa o que seja. Se não importa o que seja, pq não adotamos logo o papel moeda apenas?

      Na verdade, os EUA qdo acabaram com o padrão-ouro exigiram que as pessoas entregassem todo seu ouro para eles. Quem não o fizesse estaria cometendo um crime.

      Que coisa, não?

      Excluir
    2. Mas a sociedade é formada pela soma de vários indivíduos, não?

      E sobre os EUA exigirem que as pessoas entregassem o ouro para o estado, minha pergunta é, que foi o criminoso nesse ponto??

      Olha o quanto o ouro se valorizou e o dólar perdeu valor nesse período...

      Excluir
  10. Bem na minha opinião tudo é uma questão de convenção entre homens, pois durante boa parte na idade média sua usava muito mais a prata, no continente americano por exemplo se usava conchas entre europeus e Indios, entre os Incas por exemplo o ouro não tinha valor, era só um efeite.
    Você disse que o ouro não tem utilização pratica, mas tem sim e muita coisa, eu trabalho na área de tecnologia e o ouro tem importançia em muitos instrumentos de precisão, sem os quais a tecnologia espacial estaria em cheque.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lord,

      eu sei que o ouro tem muitas aplicações práticas, por exemplo, processadores de computador.

      Mas se amanhã o ouro do mundo acabasse, não enfrentaríamos tantos problemas assim, mesmo com tecnologia. Outros metais fariam o mesmo papel. Talvez não fariam com a mesma eficiência ou precisão, mas isso é detalhe de projeto.

      No entanto se amanhã o petróleo do mundo acabar seria algo complicado, não?

      Vc falou tudo, o que importa é o acordo entre os homens. E o acordo atual é o papel fiduciário, ou seja, na fé. O lastro é a confiança.

      Excluir
  11. dimarcinho, na verdade o papel moeda surgiu para representar uma quantidade de ouro...

    Durante muito tempo, a moeda corrente era pepitas de ouro que eram pesadas e trocadas pelas mercadorias.
    este sistema monetário apresentava alguns problemas...

    como determinar o valor das pepitas de ouro? para resolver este problema, surgiram as casas de compensação, que analisavam e determinavam o grau de pureza das pepitas e atribuíam valor em relação ao ouro puro.

    segundo problema... o transporte do ouro... se um indivíduo fosse comprar um bem de maior valor, teria que transportar todo ouro e entregar ao vendedor, que por sua vez teria que dar um jeito de armazená-lo.

    para resolver este problema, surgiram as casas de custódia, que armazenavam o ouro e emitiam recibo que comprovava a quantidade de ouro depositado... a partir de então, nas trocas comerciais, passou-se a transferir a titularidade dos recibos de depósito de ouro... isto marcou o surgimento do papel moeda...

    durante muito tempo, o dinheiro foi 100% lastreado em ouro... as pessoas aceitavam o papel por terem total confiança de que elas eram 100% conversíveis em ouro. mas o que tinha valor real, ainda era o ouro.

    surgiu então um novo problema... a medida que as inovações tecnológicas vão surgindo, a produção de bens passou a crescer numa velocidade muito maior que a produção de ouro. a incapacidade de produzir ouro na quantidade necessária para que a moeda lastreada fizesse frente à oferta de bens causava deflação, que é sinônimo de crise... por este motivo, aos poucos as nações mudaram seus sistemas monetários para o sistema fiduciário, caracterizado pelo papel moeda totalmente sem lastro...

    enfim, o valor atribuído ao ouro é histórico...

    ResponderExcluir
  12. Belo post Di!

    Bem diferente do padrão de postagens da blogosfera de finanças. Eu partilho da mesma opinião que a sua, um ativo tem que fazer sentido para ter seu valor, ou seja o mesmo tem que possuir algum uso na sociedade, que permita a mesma desenvolver.

    Traçando um paralelo com o Ouro, a especulação em cima dos ativos normais na economia não traz nenhum benefício para a sociedade. O investimento em uma empresa em si gera benefícios, pois permite a mesma fazer uma capitalização sem se endividar, porém uma vez que a capitalização é concluída, os benefícios cessam.

    Estou com um blog narrando o início da minha jornada nos investimentos finanças também, se der dá uma passada por lá.

    http://investidorinsano.blogspot.com.br/

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Insano,

      a especulação faz parte, pois é uma simples consequência de haver direito a propriedade privada: cada um faz o que quer com o que tem, desde que não cometa crime.

      Como coloquei no texto, creio que o ouro, em algum momento, será desacreditado. Ele é apenas um objeto de pura especulação.

      []s!

      Excluir
  13. Acho que você misturou muitos conceitos.

    O lastro em ouro é importantíssimo como reserva de valor. Você precisa colocar o fruto do seu trabalho em algo que tenha valor intrínseco. Papel moeda não tem. O governo imprime a todo instante. Só vale porque as pessoas acham que vale. Só a confiança o mantém. Se perder a confiança, babau! Isso já aconteceu várias vezes antes do plano real. Leia o livro `como investir em metais preciosos` que você irá entender melhor.

    O sistema capitalista de livre mercado é o mais eficiente. Ao contrário do que você falou é o sistema capitalista que faz o que tem que ser feito. É o sistema de lucros e prejuízos que di se um negócio é bom ou ruim. A Apple é a maior empresa do mundo porque faz os produtos que as pessoas estão dispostas a comprar. Simples assim. Se a gasolina é o combustível mais usado é porque ela tem o melhor custo-benefício. O dia que os outros combustíveis forem melhores, haverá a troca, assim como aconteceu com a lâmpada em relação aos lampiões de querosene. Leia o livro `as seis lições` de Ludwig von mises para aprender mais sobre o sistema capitalista. Ou assista ao documentário `livre para escolher` do Milton Friedman, disponível no YouTube.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, II,

      qdo escrevi este artigo eu ainda tinha um visão mais limitada sobre o mercado. Mas o cerne da questão aí nem muda tanto.

      O ouro ainda tem tanto valor assim pois pode ser considerado como reversas dos países. Caso contrário, seria uma outra commodity qualquer.

      O papel-moeda tem lastro sim: a economia de um país. Apesar de ser algo intangível, é algo bastante real e o câmbio, que tenta refletir as diferenças, é bastante palpável.

      Sobre o sistema capitalista, vc está esquecendo de alguns pontos. Concordo com a questão do lucro. Só que, por exemplo, num mercado com o de petróleo, onde existe um oligopólio mundial de um produto necessário pra sobrevivência (energia), não há mais o livre mercado. Há manipulação do mercado. E isso muda absolutamente TUDO, pois cria barreiras que impeçam a entrada de outros participantes....

      []s

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...