Web Analytics

domingo, 31 de agosto de 2014

Curto Prazo: o Longo Prazo do passado

Fala, pessoal! Andei meio sem escrever, muita correria no último mês. Mas hoje venho um assunto que tem um pouco a ver com clima que a blogosfera anda passando, que é sobre estas relações dos prazos de investimento em finanças.
Muito se fala que o investimento na renda variável é para o Longo Prazo. Não deveria ser utilizada em investimentos de Curto Prazo, pois a volatilidade dos ativos de renda variável pode lhe deixar nas mãos. Mas reflitamos: o Curto Prazo nada mais é do que o “Longo Prazo do passado”. Da mesma maneira, podemos dizer que o Longo Prazo nada mais é do que o “Curto Prazo do futuro”. Tentarei refletir um pouco sobre isso, deixando alguns conceitos importantes para os investimentos.

Uma das frases que eu cito bastante e muitos aqui na blogosfera também citam é a seguinte:
“No Longo Prazo, as cotações das ações seguirão os fundamentos”.
Isto é tido como verdade absoluta para todos, não é mesmo?
Mas vamos agora refletir: o Longo Prazo, nada mais é do que, alguma data no futuro. E esta data no futuro, para alguém do futuro, será considerada Curto Prazo. Confuso?
Sim, e isto significa que se os fundamentos continuarem bons, as ações terão isso refletido no Curto Prazo!
Pense bem: você acha que as ações de hoje estão refletindo os fundamentos de 10 anos atrás de uma empresa? É óbvio que não.
Os fundamentos representam a situação da empresa hoje.
Mas qual a questão da volatilidade toda que as ações apresentam no Curto Prazo?
Bom, os fundamentos de uma empresa mudam lentamente, ao longo do tempo. Por exemplo, para produzir petróleo, é necessário achar um campo, perfurar o poço, construir uma plataforma e, finalmente, produzir. Todo este processo leva em torno de sete anos.
O mercado então precifica a expectativa futura sobre a empresa.
O preço de mercado reflete os fundamentos hoje e as expectativas de como estes fundamentos estarão no futuro.
Voltando à história do Curto Prazo e Longo Prazo, um indicador fundamentalista simples que pode ser utilizado para avaliar isso é o P/L. É normal que empresas com altas expectativas de crescimento tenham alto P/L. Uma empresa de alto crescimento hoje, pode se tornar uma de baixo crescimento no futuro. Ora, mas uma empresa de baixo crescimento, terá um baixo P/L. Assim sendo, se você paga por um P/L de 25 hoje e no futuro o P/L estará metade disso, isto significa que os lucros desta empresa que você escolheu terão que, no mínimo, dobrar para poder se igualar. Fora o custo de oportunidade, obviamente.
Veja um exemplo simples que eu montei, no qual há uma expectativa de crescimento e ela não ocorre, levando o P/L a decrescer lentamente:
Expectativa - 20%aa
Ano
LPA
P/L
Cotação
0
1,00
25
25,00
1
1,20
25
30,00
2
1,44
25
36,00
3
1,73
25
43,20
4
2,07
25
51,84
5
2,49
25
62,21
Cenário Real - 15%aa
Ano
LPA
P/L
Cotação
0
1,00
25
25,00
1
1,15
22,5
25,88
2
1,32
20
26,45
3
1,52
17,5
26,62
4
1,75
15
26,24
5
2,01
12,5
25,14
Ou seja, mesmo mantendo crescimento, como foi abaixo do mercado, o mesmo aos poucos foi ignorando ele. Isto é muito plausível de ocorrer e devem ter “n” exemplos na Bolsa, mas não irei procurar por agora. Mas fica aí para os leitores como sugestão. OGX é um exemplo, pré-operacional que havia altas expectativas e não deu em nada. Hering era uma empresa com números ruins, que conseguiu se acertar e deu up estrondoso. E por aí vai.
Ok, mas o que vem de importante disso tudo? Em primeiro, o mercado está precificando uma certa expectativa sobre a empresa. Mas é importante tentar entender o que irá ocorrer mesmo após tal expectativa.
Em termos práticos para o investidor, se ele acha que esta expectativa irá se cumprir, então ele pode comprar o ativo. Se ele acha que é inviável, então ele deve se desfazer dos papéis. Prático e simples.
Mas como ele vai saber se a empresa conseguirá manter esse crescimento?
Obviamente, certeza não há como ter, visto a questão da total imprevisibilidade que temos sobre eventos futuros. E para isso existe a diversificação. Apesar disso, nossa capacidade analítica pode nos dar uma orientação sobre isto. E como fazer uma boa avaliação sobre a empresa. Diria que o investidor precisa de 2 pontos importantes:
– Entender profundamente do negócio no qual a empresa está inserida.
Esta, julgo eu, é até a parte mais importante. E entendo onde está minha maior defasagem hoje também. Mas enfim, é importante conhecer muito bem o negócio. Buffett já fala sobre isso há muito tempo.
A única área da qual entendo razoavelmente bem é a de Petróleo. Veja que exemplo interessante: as refinarias da Petrobras hoje estão trabalhando praticamente no máximo, estão batendo recordes de produção. Muito bom, né? Na verdade, não. Intuitivamente, é de se esperar que quanto maior a produção melhor. Mas isso ignora algumas coisas como a relação de elasticidade-preço. O resultado financeiro ótimo da empresa é obtido com as refinarias trabalhando um pouco abaixo da eficiência máxima.
Ainda sobre a Petrobras, 4 de novembro pode ser uma data importantíssima para a empresa. Chegando lá explico o porquê. Mas vamos ao segundo ponto.
– Avaliar contabilmente os relatórios da empresa
Aqui é um ponto que também é crucial. Saber ler um balanço de uma empresa é essencial. E mesmo assim é barra pesada. As empresas adoram fazer malabarismos financeiros para mostrar que estão melhores do que realmente estão. Entender do negócio ajudará a fazer leituras melhores, pois você logo terá o feeling de números estranhos.
Êpa. Comecei falando de Curto Prazo / Longo Prazo e terminei falando de análise de empresas. Que doideira! De fato, está tudo interligado.
O Curto Prazo nada mais é do que a expectativa do Longo Prazo. E para saber se a expectativa é viável ou não, é necessário entender do negócio e saber avaliar a situação da empresa, através de seus relatórios contábeis.
Abraços a todos!
obs - Existe outro assunto envolto nisso aí, que talvez alguns devam ter imaginado que eu iria comentar, que é sobre a Hipótese dos Mercados Eficientes. Realmente, se consideramos que no Curto Prazo tais expectativas estão sendo bem precificadas então sim, estaríamos de acordo com a HME. Não que eu concorde com isso... rsrsrs

125 comentários:

  1. Bondia, prófis

    "Pense bem: você acha que as ações de hoje estão refletindo os fundamentos de 10 anos atrás de uma empresa? É óbvio que não."

    Em termos de aquisição de consciência, esse foi um passo a frente tremendo, rs. Entender algo não significa dominar ou controlar o mesmo. Muito bom....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu próximo passo seria buscar algum estudo de empresas que eram boas no passado e como estão atualmente. Sei q deve ter algo disso por aí, pq fazer isso daria um trabalho bizarro, rs.

      Pq? Queria verificar a questão das "empresas que são boas teeeeendem a continuar boas."

      Excluir
    2. Olha, prófis... rs

      Essa frase "empresas que são boas tendem a continuar boas", eu só vim conhecer aqui na web. E me parece que quem criou esse mantra doido foi o baster naquele lance dele ($) de criar frases de efeito que "colam" no subconsciente da moçada pra arrebanhá-los como seguidores e tals. Essa frase somente descreve o óbvio: quando o evento é passado ele se torna fato.

      Excluir
    3. Mas ela faz sentido.

      Se há uma boa administração há muitos anos, então, é de SE ESPERAR q esta administração continue. E falo administração como um todo, com muita organização e tudo mais. Isso dificulta a vida de algum merdeiro lá no topo, pelo menos o suficiente para ele vazar.

      E se o prazo é longo, então a empresa já passou por n+1 crises e conseguiu voltar. Neste caso, o histórico não é algo a ser desprezado, muito pelo contrário.

      Agora, entre esta ideia fazer sentido e haver um estudo científico comprovando tal hipótese.... bom, daí vai um abismo.....

      Excluir
    4. Márcio e colega,
      a) Não sei se as empresas tendem a continuar boas. Basta olhar a composição do dow jones em 1890, em 1930, em 1950 em 1980 e 2014 para vermos se isso é verdade. Eu já fiz a experiência e me surpreendi com o resultado (é claro que pode ter havido fárias fusões, etc, e isso ter escapado da minha percepção, mas a composição do índice é muito diferente de época para época).
      Portanto, eu já vi pessoas falando que na verdade o futuro de uma boa empresa é deixar de existir, salvo algumas raras exceções.

      b) Essa dos fundamentos encontrar a cotação no longo prazo para mim é muito mal explicado. Se os lucros subirem 200% em 10 anos e a cotação 1000%, isso é os fundamentos encontrando a cotação? Se os lucros subirem 100% em 10 anos e a cotação cair 50% isso é os fundamentos encontrando a cotação?
      A grande verdade é que a cotação depende da percepção dos agentes, se é certo que a cotação não descola muito dos fundamentos no longo prazo, não é certo a intensidade desse movimento, nem a avaliação dos agentes sobre isso.
      Afinal, é preciso ter pessoas dispostas a pagar R$ 20,00 por R$ 1,00 de lucro presente para que uma cotação permaneça com P/L de 20 no decorrer do tempo. Se a percepção for que o lucro deve valer apenas R$ 13,00 para cada R$ 1,00, os lucros podem subir e a cotação não sair do lugar (como você bem demonstrou no seu exemplo).

      Abraço!

      Excluir
    5. Márcio, Jonas e Surfista,

      a) Nenhum estudo científico vai comprovar nada na bolsa. O mercado é caótico e imprevisível. Tudo o que envolve renda variável é meramente estatístico e randômico, pois o elemento humano sempre estará presente. É claro que a composição do índice muda com o tempo, mas isso não quer dizer que as empresas faliram. Fusões, incorporações, cisões e fechamento de capital e até alteração da denominação são eventos que irão alterar a composição do índice, mesmo que na essência as companhias sejam as mesmas em alguns casos. O fato de a composição de um índice mudar não significa afirmar que os investidores perderam dinheiro.

      b) Na teoria tudo é possível com números A grande quantidade de "se" nas suas interrogações demonstram isso. Se mostrarem com exemplos reais que investir em empresas que tiveram um passado de bons resultados é um mal negócio (ou é um evento puramente aleatório), então stock picking não faz nenhum sentido e o correto é invetir em ETFs.

      Excluir
    6. Troll,
      a) Concordo em termos. Estudos podem apontar direções, evidentemente eles não vão cravar a "verdade", ainda mais tratando-se de finanças. É verdade, por isso deixei claro que não atentei para fusões, incorporações, etc. Apenas salientei que as empresas estão constantemente mudando. Também não disse que alguém ganhou ou perdeu dinheiro, foi uma constatação fática de que no capitalismo as coisas são muito dinâmicas, e um histórico empresarial de sucesso no passado talvez não se capitalize em sucesso empresarial no futuro;

      b) Exatamente. O a cotação segue os fundamentos no longo prazo tem vários "se", como procurei apontar brevemente no texto. Mal negócio dificilmente será né Troll, todo mundo aqui já tá careca de saber que o retorno para pequenos patrimônios virá do aporte e da persistência para períodos longos de tempo e ter alguns filtros para não fazer muitas besteiras. O que se está discutindo aqui são decisões financeiras ótimas ou não, não se a pessoa irá conseguir alcançar os seus objetivos financeiros que podem ser bem diversos de pessoa para pessoa.

      Abraço!

      Excluir
    7. Na verdade, o que tento trazer para cá são "as coisas como elas são". Para que o investidor tome uma decisão consciente e não se sinta enganado num futuro, ele precisa saber no que está se metendo.

      Como já apontado em vários estuados, os ETF's vencem.

      Mas, contudo e no entanto, EU acredito que os poucos que os vencem são aqueles que talvez tenham feito o dever de casa como Buffett e Graham pregam e não simplesmente terem escolhido boas empresas com filtros fundamentalistas e pow. Se fosse assim, ficaria todo mundo rico muito, mas muito rapidamente....

      A grande questão é que EU conheço estes estudos. Talvez uma pessoa que visse este resultado dos estudos poderia pensar "Será que sou o Escolhido?" e simplesmente investiria em ETFs....

      []s!

      Excluir
    8. Bom Márcio, investindo em ETF ou não, a verdade é que ninguém vai ficar rico com a bolsa. Um ou outro vai, mas a regra não é essa. Conforme já disse antes, a bolsa é apenas uma forma de poupança estatisticamente superior à renda fixa. O objetivo é apenas ter conforto financeiro além da previdência social - uma forma de diversificação da aposentadoria -, mas isso não exime o indivíduo de tomar medidas para diluir futuras perdas, caso algo não saia como planejado.

      Quem deseja ficar rico deve trabalhar naquilo que é bom e sempre se aprimorar. O trabalho de Buffet é investir e ele o executa bem. Ele não investe apenas para ganhar dinheiro; ele investe para fazer um trabalho bem feito.

      "Nunca é sobre dinheiro. É sobre querer fazer uma coisa bem, e isso não acaba nunca."

      http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1039/noticias/o-que-me-move-e-a-conquista-declara-waren-buffett

      Os casos de perdas com ações quase sempre podem ser creditados à ganância de um indivíduo. Eu não acredito que existem inocentes sendo ludibriados. Pode verificar.

      Excluir
    9. Bem, só pra constar: o que o troll escreve fingindo algum conhecimento sobre qualquer coisa relacionada a renda variavel, sinceramente, não merece nem ser considerado. Não dá, lamento, rs. Já começa dizendo que renda variavel é caótico, imprevisivel e após um espaço de 2 ou 3 frases de efeito soltas se contradiz e já junta no mesmo saco que RV é estatistica.... Complicado, sabem. Meio cansado de maluco fazendo discursos sem nexo...

      E como explicar de onde ele tirou essa coisa sem nexo:

      "O fato de a composição de um índice mudar não significa afirmar que os investidores perderam dinheiro."

      Foda...

      *****

      Prófis, pelo menos vc me alegra.... kkkk

      "Na verdade, o que tento trazer para cá são "as coisas como elas são". Para que o investidor tome uma decisão consciente e não se sinta enganado num futuro, ele precisa saber no que está se metendo."

      De fato, eis o âmago da questã aqui discutida:

      "Para que o investidor tome uma decisão consciente e não se sinta enganado num futuro"

      "Para que o investidor tome uma decisão consciente e não se sinta enganado num futuro"

      "Para que o investidor tome uma decisão consciente e não se sinta enganado num futuro"


      Crianças, copiem todo dia 3 vezes esse paragrafo em seus caderninhos, tá?

      Perfeito.....

      Excluir
    10. Putz, o troll esticando o seu mantra de contradições...

      "Investindo em ETF ou não, a verdade é que ninguém vai ficar rico com a bolsa. Um ou outro vai, mas a regra não é essa. Conforme já disse antes, a bolsa é apenas uma forma de poupança estatisticamente superior à renda fixa."

      Trolletinha, nos paises nos quais comprovadamente no longo prazo a "bolsa" superou a taxa livre de risco, essa constatação foi realizada contra o índice da bolsa. Sendo assim vc - sem saber - vc está defendendo a tese que comprar ETF trará resultados melhores que a renda fixa, portanto seguindo o seu raciocinio comprar ETF é o veiculo que te deixara rico... É isso mesmo?

      Suas afirmações são tão loucas que como discutir com um cara que começa a frase dizendo que poucos ficarão ricos com bolsa, mas no fim da frase já diz que a bolsa supera a poupança comprovadamente?

      Detalhe: se considerar uma comparação entre cdi e ibov de 94 pra cá (20 anos...) o cdi bateu no ibov.

      Alguém precisa te avisar que o maior giro de capital de investidor estrangeiro no brasil é nos papeis de renda fixa, casa dos trilhões. Estão ganhando de rodo em dolares e há anos a custa do tesouro. Enquanto o investimento deles em na bolsa é só perfumaria e principalmente hedge cambial e arbitragem com indice futuro contra carteira indice.

      Sabe de nada, Inocente dos 10 anos de Bolsa, rs
      Aliás inocente útil, servindo de papagaio do baster...

      Excluir
    11. Troll,

      entendo hoje bastante claramente que a questão não é ficar rico. Muito pelo contrário: a briga é para não perder o capital (inflação). A renda fixa é uma tentativa de manter o capital relativamente fixo à inflação, mas em surtos cambiais, a coisa pode ficar feia.

      Veja: um capital de aposentadoria, digamos hoje na casa dos 3milhões. Se o cara não faz nada, a inflação de 6% vai levar R$ 180.000 por água abaixo!!!! Se o cara está se aposentando com um bom salário, digamos uns 20k, isso é provavelmente o ganho líquido dele de um ano inteirinho de ralação.

      Então, sim, a renda variável é um plus, mas também funciona como dispositivos para proteção contra inflação, câmbio, etc.

      E de nada adianta o investidor ficar trabalhando e juntando dinheiro apenas se este dinheiro está cada vez mais desvalorizado. Vai ficar na corrida dos ratos....

      Ou pior: vai achar que já juntou dinheiro suficiente para sair da corrida dos ratos... e qdo o tempo for cruel com ele e detonar o poder de renda, ele já não terá mais como voltar atrás...

      A situação é delicada....

      []s!

      Excluir
    12. Troll,

      um ponto importante que normalmente passa despercebido: qdo falamos destes estudos estatísticos, eles realmente são baseados nos índices. Mas, mais importante ainda, é notar que eles são MÉDIAS. E, as médias por si só, não representam muito. É importante avaliar sempre a dispersão dos dados, como o desvio padrão, por exemplo. Se for muito grande, a média não diz mta coisa...

      []s!

      Excluir
    13. Pessoal,

      O fato é que ETFs são um lixo e ponto final. O que eu estou estranhando é essa súbita mudança de comportamento do Dimarcinho. O ADP fez uma excelente série no blog dele destruindo qualquer tipo de argumentos a favor do ETFs.

      O Dimarcinho, na época, concordou 100% com o ADP, e inclusive ironizava aquele cara do HC Investimentos, que prega que os ETFs são a oitava maravilha do mundo.

      Agora, magicamente, pouco tempo depois, o Dimarcinho muda sua opinião e recomenda ETFs para todo mundo, mas liquidar a carteira dele e migrar para os mesmos está fora de cogitação.

      Realmente, fica complicado entender o que aconteceu com a cabeça do Márcio... E o pior, temos posts como esse, cujo link está abaixo, em que ele defendia EFUSIVAMENTE que é possível ganhar do índice.

      http://di-finance.blogspot.com.br/2012/09/ibov-x-empresas-boas-do-ibov.html

      É óbvio que com a nova composição do Ibovespa ficou mais complicado ganhar dele, contudo, o tempo e a história mostram que stock picking > ETFs.

      Abraços.

      Excluir
    14. IL,

      vou responder, mas primeiro, leia as coisas devagar. Em NENHUM momento eu falei que é IMPOSSÍVEL bater o índice. Eu disse que é muito difícil bater o indice no loooooooongo prazo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Deixe-me responder o que mudou de lá pra cá: eu estudei. Li muitos livros, artigos, etc. Aprendi muito mais sobre o mercado. E aprendi que muitos dos meus pontos de vista estavam errados.

      Assim, o dia q vc realmente estudar sobre o assunto, notará por exemplo, a quantidade de besteiras q vc falou ao mencionar que preço não importa, por exemplo.

      E sim, ainda critico demais o HC, pois ele vende que é possível maior rentabilidade com menos risco com o método milagroso de alocação dele. Esta foi sempre minha crítica. Não tem nada a ver com ETF.

      E note, mais uma vez, q eu mencionei que meu estudo foi curto (de 3 anos) e que os estudos apontam que as carteiras em sua maioria perdem pros índices no longo prazo. E pq no longo prazo? Pq no curto prazo o movimento é muito volátil e apenas por sorte vc pode simplesmente estar ganhando o índice. Já viu aquelas notícias que um macaco consegue montar uma carteira melhor do que os analistas? É exatamente por isso.

      Sério cara, tu tá perdido. Eu estou falando as coisas como são. Mas, note, que eu faço stock picking.

      Não é pq eu estou tentando atravessar o deserto que vou ignorar que o sol é mto forte... isso é idiotice.

      Aceitar a realidade é o primeiro passo para tomar decisões concretas e acertadas nos investimentos.

      []s!

      Excluir
    15. Márcio,

      Vai continuar batendo na tecla que preço importa para o investidor comum? Você insiste em querer aplicar conceitos do Buffet para quem jamais irá investir igual a ele. Assim fica complicado.

      Vamos relembrar o que você falou no post citado:

      "Bom, este foi um estudo que me deu bastante trabalho (para analisar todas essas ações), mas vemos que com filtros SIMPLES e sem muito rodeio é possível filtrar boas ações e vencer o índice facilmente."

      Quem escreveu isso foi VOCÊ! Sua cabeça mudou tanto assim em meros dois anos? Como já falei, é evidente que ficou mais difícil vencer o Ibovespa. Mas ficar mais difícil não significa ser praticamente impossível fazer isso.

      Em resumo, você afirma categoricamente que meus resultados até agora são fruto da minha sorte? Eu realmente não estudo a fundo as empresas que sou sócio, contudo, pelo o que você fala, tanto faz selecionar papéis de empresas boas como montar uma carteira com MILK11, TOYB3, etc.

      Isso não é sorte e sim preparo e dedicação. Eu não escolhi minhas empresas no unidunitê e você sabe disso. Você insiste que estou perdido. Aponte-me a direção correta então. Investir em ETFs?

      A realidade é que quem escolhe bons papéis (stock picking) vencerá o índice no longo prazo. E, felizmente, não estou precisando de um macaco para ajudar-me a fazer isso.

      Abraços!

      Excluir
    16. IL,

      a questão do preço é matemática básica. Se vc faz aportes periódicos em algo que está abaixo da média, é óbvio que a soma estará também abaixo da média. Simples assim.

      Cara.... rsrsrs.... tá ficando engraçado já... repito: tais estudos acadêmicos são pautados no LONGO PRAZO. Assim sendo, pegar 3-5 anos de estudo não tem validação alguma. Infelizmente, não consegui dados para fazer um estudo aqui de longo prazo aqui no Brasil. Como comentei neste mesmo texto, nos questionamentos do Viver de Renda, uma pesquisa paga pelo Economática poderia talvez suprir tal dúvida, mas daria um belo trabalho e aposto com vc q seria digno de uma tese de Mestrado em Finanças.

      Não lembro de ter afirmado CATEGORICAMENTE que os seus resultados até agora SÃO fruto da sua sorte. O que eu coloquei é que eles PODEM ser fruto da sua sorte. E isto é um abismo de diferença.

      Como eu disse, vc não domina algumas coisas muito básicas e utiliza alguns argumentos totalmente contraditórios. E tipo, nem adianta eu explicar pra vc. É como se eu estivesse tentando ensinar cálculo para alguém que não sabe funções.

      A realidade, como os estudos mostram, é que quem fez stock picking nos EUA PERDEU pro índice no longo prazo.

      A questão principal aqui é: você vai parar para estudar estes assuntos, ou vai continuar fazendo o q faz hoje ignorando o mundo ao seu redor? Se for a 2a opção, não vá depois reclamar o leite derramado, ok?

      Como eu disse: é importante saber onde estamos pisando para tomar decisões. Eu, por exemplo, sei que a questão do ETF no complicado parece ser difícil de bater. Mas, mesmo assim, estou aí tentando. Então não confunda o que é realidade de fato com as minhas decisões!

      []s!

      Excluir
    17. Que estudos apontam que ETFs vencem? Quais ETFs vencem o que?

      Excluir
    18. Marcio, há 2 anos, como foi comentado, vicê tinha um posicionamento sobre ETFs e defendia seu posicionamento como a verdade absoluta.
      Hoje você tem outro posicionamento e admite que estava errado, porém mesmo assim defende o posicionamento atual como verdade absoluta, pois agora você estudou e realmente é o dono da verdade.

      O que te faz pensar que está certo agora e que não pode estar errado?

      Eu afirmo que muito provavelmente em menis de 2 anos você vai ter mudado de idéia sobre muitos aspectos, assim como todos os comentaristas acima (menos o Jonas que sabe tudo de tudo). Portanto baixa a bola e diminua a soberba.

      []s

      Excluir
    19. As discussões aqui são intermináveis, impressionante. Só acabam quando o DI faz outro post, rs.

      Excluir
    20. Anônimo 3 de setembro de 2014 08:26,

      poderia me dizer quais as "verdades absolutas" de antes e depois?

      Excluir
    21. Se alguém que diz

      "Na verdade eu trago pra ca as coisas como elas são" nao se acha o dono da verdade eu nao sei mais nada

      Quanta contradicao

      Excluir
    22. Olha mais um exemplo de "verdade absoluta".

      Uma coisa que é "pratica e simples" quer dizer o que? Existe alguma chance de voce estar errado no texto abaixo?

      "Em termos práticos para o investidor, se ele acha que esta expectativa irá se cumprir, então ele pode comprar o ativo. Se ele acha que é inviável, então ele deve se desfazer dos papéis. Prático e simples."

      Excluir
    23. Se este comentario na reflete a verdade absoluta nao sei mais de nada


      dimarcinho24 de janeiro de 2013 14:24
      Acreditar na MPT mostra exatamente como "A inteligência humana tem limite, a estupidez não."

      Existem n+1 casos que mostram o contrário.

      Inclusive, uma grande diferença de Economia pras ciências exatas é que em Economia tem gente q vive acreditando em teorias que não funcionam na PRÁTICA...

      Excluir
    24. A inteligencia humana tem limite e a estupidez nao.

      Profundo isso. Voce mudou de opiniao sobre MTP ou ainda é uma verdade absoluta?

      Excluir
    25. Anônimo,

      acho q vc está confundindo "verdade absoluta" com "estudos acadêmicos"

      rsrsrsrs

      Excluir
    26. Essa da inteligiência copiei do Viver de Renda, citava sempre q gostava de provocar ele, rsrsrs

      Excluir
    27. Comentário de 3 de setembro de 2014 22:55: não muda uma vírgula do que disse.

      Comentário de 4 de setembro de 2014 00:39: também não mudo! rs

      Excluir
    28. Quais sao os estudos academicos?

      Excluir
    29. Car, que estudo? Pq vc nao responde nada?

      Excluir
  2. Opa,
    O fato é que investir em empresas é coisa pra profisisonal. O problema é que a maioria de nós pobre mortais, quando descobrimos os "fundamentus" da vida: lucro, margem, ROE, etc achamos então que nos profissionalizamos e encontrando a fórmula mágica. O que resta fazer? Ficar seguindo estas doutrinas que no longo prazo tudo se acerta? Ficar comprando nas crises e ficar vendendo nas euforias como agora? Cada vez fico mais indeciso quanto a estas estratégias.
    O fundo mítico Verde, gerido pelo mítico Luis Stuhlberger, hoje já bate em 800% o CDI. Então quer dizer que ele comprou os melhores fundamentos e deixou rolar? Quer dizer que ele ficou comprando BBAS em janeiro e vendendo em agosto? Nem uma nem outra. Tenho estudado este fundo há alguns meses para tentar entender um pouco mais este case de sucesso. Ainda não cheguei a nehuma conclusão, o que posso dizer é que o cara adiantou grandes movimentos de mercado, umas 7 ou 8 tacadas matadoras, e com isto conseguiu um ganho extraordinário. Hoje a carteira de ações do fundo representa 18%, e o fundo está perdendo feio do IBOV no ano o que não podia ser diferente. A grande aposta do momento do cara é o câmbio e ações no exterior. Tudo bem, estamos falando em multimercado e não só de ações. Mas quem quer ter ganhar do mercado, penso eu, não poderá ficar alocado só em empresas, mesmo considerando o longo prazo, ou poderá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, UB,

      se vc consegue se segurar nos mercados ruins e quando a onda boa vem, você consegue aproveitar, este é um jogo de soma positiva e é bem provável que terá bons resultados.

      Falando assim é fácil. Difícil é fazer.

      Não sei como você está estudando este fundo, mas fica muito complicado entender o que estão fazendo só de olhar. Podem ter vários motivos por trás dos quais vc não saiba... o mizifio esses dias falou por aqui que o pessoal do Bradesco tá esperando câmbio a 2,70 pro final do ano que vem...

      Além disso, muitos desses fundos possuem isenções em transações e utilizam derivativos (de forma correta) para tentarem um ganho extra.

      []s!

      Excluir
    2. UB,
      Há estudos que mostram que grandes gestores de fundo por um período longo de tempo não conseguem manter a performance. Ex: um gestor com histórico de 10 anos muito bom, nos próximos 10 anos será inferior a média.
      Na verdade, estatisticamente não se pode distinguir na maioria dos casos competência de puro passeio aleatório.
      Portanto, tendo em vista o histórico impressionante do fundo verde, eu não sei se eu investira com eles, pois há uma probabilidade grande de regressão à média.
      É claro que o gestor pode ser excepcional e manter retornos fantásticos, mas isso costuma ser bem raro.

      Por fim, não sei se a estratégia do fundo verde é apenas de valor, e eles investem em mercado externo, em dólar, ou seja fazem uma alocação que todos nós deveríamos fazer.

      Abraço!

      Excluir
    3. Sô, este estudo não conheço, mas se você tá falando... Mas no caso do fundo verde este retorno à média ainda não ocorreu, enfim, cada caso é um caso. O gestor disse que acerta 70% e erra 30%, só que os acertos são muito rentáveis. No podcast abaixo ele pontua isto.
      https://soundcloud.com/riobravoinvestimentos/podcast-239-luis-stuhlberger-o
      Eu também não investiria com eles, mas não é por este fator citado por você, é porque confio mais em mim do que nele, pode isto? rs. Melhor não comentar nada. Pelo que vi até o momento com certeza a estratégia deles não é valor, é se aproveitar da forma mais eficientes das grandes viradas de mercado. Qual é a deles no momento não sei dizer, estão cautelosos, dos mais de 10 bilhões do fundo metade está alocada em títulos do governo.

      Excluir
    4. DI, estou estudano fazendo um levantamento dos ativos ao longo do tempo e correlacionando com os cenários econômicos à época. Apenas uma análise histórica mesmo. Mas não tenho a pretensão de me tornar um gestor vendo o que os outros fazem, rs. Então, tem muita gente apostando nesta explosão do Dolar, que já começou a aposta não está indo bem, talvez erraram o timing, mas a corrente é grande.

      Excluir
    5. Dae UB,
      Olha, eu não gosto muito de fundos, pois as taxas não costumam ser pequenas. Além do mais, você ficar pinçando fundos bons é a mesma coisa que ficar pinçando ações boas ou momentos bons para alocar em determinados ativos com a desvantagem que se paga taxa de administração e performance.
      Com taxas de juros dessas e essa imprevisibilidade, eu prefiro ir diminuindo cada vez mais posição em renda variável (fora FII por questão de fluxo e planejamento para minha vida para o próximo ano). Se tudo der certo, espero estar 85% líquido em março/fevereiro do próximo ano.

      Abraço!

      Excluir
  3. Parabéns pelo post Dimarcinho, esse seu quadro deverá ser salvo para os incautos que acham que os múltiplos não podem ser "corrigidos" mesmo com uma ação com lucros crescentes...e que não necessariamente traduzirá em aumento na cotação...
    Refletindo que a não realização da expectativa do mercado, traduzirá em perdas e implicará em déficit pelo custo de oportunidade.
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Catarrento,

      é isso aí!

      []s!

      Excluir
    2. estes quadros não dizem muita coisa, pois não mostram o que a empresa pagou de dividendos no periodo

      Excluir
    3. Anom, e se considerarmos os dividendos pagos no período qual seria o efeito no quadro?

      Excluir
    4. Anonimo, faca as contas vc mesmo. Se ela pagou 100% do lucro e foram reinvestidos.

      Vc sabe fazer a conta

      Excluir
    5. Hum.... então vc está falando em reinvestir os dividendos "pagos"comprando mais ações, fácil? Isso é obrigatório? E mesmo que não seja... É assim que tenque que ser? Tô quente ou tô frio... Ajuda aê e nos mostra como isso funciona!


      O que são dividendos? De onde eles saem? É na base do sorteio, tipo titulo de capitalização?

      ps - vamos começar falando a mesma língua: dividendos não são pagos; são distribuídos. Uma empresa objetiva gerar lucro e distribuir esse lucro entre seus acionistas. E no caso aqui a sua parcela dessa empresa é em forma de uma "ação". Quem "paga" alguma coisa é título de capitalização e só quando vc é sorteado, rs

      Excluir
    6. Jonas, isso tudo que voce escreveu veio da sua cabeca. Eu so disse que os quadros sem sabermos os dividendos de cada caso estao incompletos e nao servem para comparacao. Se vc pensa o contrario vou fazer o que?

      Excluir
    7. Detalhista voce hein jonas, sao distribuidos e depois tambem sao "pagos" na data x

      Veja trecho do comunicado da Cielo e aprenda que sao pagos tambem bonitao

      Os proventos serao distribuidos na forma de dividendos intermediarios e juros
      sobre capital proprio, no montante total de R$ 1.063.646.465,72 (um bilhao,
      sessenta e tres milhoes, seiscentos e quarenta e seis mil, quatrocentos e
      sessenta e cinco reais e setenta e dois centavos), dos quais R$ 66.800.000,00
      (sessenta e seis milhoes e oitocentos mil reais) serao distribuidos a titulo de
      juros sobre capital proprio, sujeitos a incidencia de imposto de renda retido na
      fonte a aliquota aplicavel a cada caso, e o montante de R$ 996.846.465,72
      (novecentos e noventa e seis milhoes, oitocentos e quarenta e seis mil,
      quatrocentos e sessenta e cinco reais e setenta e dois centavos), a titulo de
      dividendos, os quais serao pagos aos acionistas nas proporcoes de suas
      participacoes no Capital Social da Companhia, sendo que nao farao jus aos
      proventos as acoes mantidas em tesouraria. Os valores estimados ...

      Excluir
    8. Putz, agora tenho que concordar contigo, rs

      De fato falei coisas tiradas da imaginação, porque tentei "adivinhar"... kkkk Já que vc não explica como isso que vc falou funciona no quadro: " faca as contas vc mesmo. Se ela pagou 100% do lucro e foram reinvestidos."

      Excluir
    9. Jonas, eu te fiz uma pergunta, voce acha que se uma empresa "pagou" 100% do lucro em dividendos e a outra nao pagou nada, o quadro significa a mesma coisa?

      Excluir
  4. marcio, e a violinada que está levando por operar vendido em BBAS3? já levantou do tombo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual violinada, se comprei opções ontem?

      Excluir
    2. e hoje está subindo 6%

      Excluir
    3. Realmente, hoje noto como é fácil perceber qdo estamos conversando com alguém que não tem a mais vaga de ideia do que está se tratando o assunto, rs

      Excluir
    4. Ensina pra nós prófis

      Excluir
    5. Cambaleão, não vou perder tempo contigo...

      Excluir
    6. Conta pra nos o que fez e como pretende ganhar (ou perder)

      Excluir
    7. Fiz bear call spread, long call seguido de call ratio spread.

      Excluir
    8. Complicado isso ne, explica mais pra aprendermos

      Excluir
  5. Você fala que Warren Buffett prega que tem que conhecer bem o negócio, será que ele conhece bem sobre TODOS estes negócios? mais uma falácia

    BERKSHIRE HATHAWAY INC.

    Acme Brick Company

    H.H. Brown Shoe Group

    Applied Underwriters

    HomeServices of America, a subsidiary of
    Berkshire Hathaway Energy Company

    Ben Bridge Jeweler

    International Dairy Queen, Inc.

    Benjamin Moore & Co.

    IMC International Metalworking Companies

    Berkshire Hathaway Energy Company

    Johns Manville

    Berkshire Hathaway Homestate Companies

    Jordan's Furniture

    Berkshire Hathaway Specialty Insurance

    Justin Brands

    BH Media Group

    Larson-Juhl

    BoatU.S.

    Lubrizol Corporation

    Borsheims Fine Jewelry

    Marmon Holdings, Inc.

    Brooks

    McLane Company

    Buffalo NEWS, Buffalo NY

    Medical Protective

    BNSF

    MiTek Inc.

    Business Wire

    National Indemnity Company

    Central States Indemnity Company

    Nebraska Furniture Mart

    Clayton Homes

    NetJets®

    CORT Business Services

    Oriental Trading Company

    CTB Inc.

    The Pampered Chef®

    Fechheimer Brothers Company

    Precision Steel Warehouse, Inc.

    FlightSafety

    RC Willey Home Furnishings

    Forest River

    Richline Group

    Fruit of the Loom Companies

    Scott Fetzer Companies

    Garan Incorporated

    See's Candies

    Gateway Underwriters Agency

    Shaw Industries

    GEICO Auto Insurance

    Star Furniture

    General Re

    TTI, Inc.

    Guard Insurance Group

    United States Liability Insurance Group

    Heinz

    XTRA Corporation

    Helzberg Diamonds

    Equities – beneficial ownership[edit]
    Berkshire's fifteen largest stock investments by market value, as reported in the 2013 annual report [53] are, in alphabetical order:

    American Express Co. (14.2%)
    The Coca-Cola Company (9.1%)
    DIRECTV (4.2%)
    Exxon Mobil Corp. (0.9%)
    Goldman Sachs (2.8%)
    IBM (6.3%)
    Moody's Corporation, owner of Moody's Analytics (11.5%)
    Munich Re (11.2%)
    Phillips 66 (3.4%)
    The Procter & Gamble Company (1.9%)
    Sanofi (1.7%)
    Tesco plc (3.7%)
    U.S. Bancorp (5.3%)
    Wal-Mart (1.8%)
    Wells Fargo (9.2%)

    ResponderExcluir
  6. "será que ele conhece bem sobre TODOS estes negócios? mais uma falácia"


    Bem, como vc mesmo disse: "será"

    Se vc mesmo não tem certeza, então afirmar que se trata de uma falácia cai por terra,não é?

    Talvez vc esteja até certo.... Mas o seu "será" o desqualifica, uma pena, rs

    ps - mas vou te ajudar, já que sou um cara de índole boa.... kkkk. Não é só uma questão simples de "conhecer o negócio" apenas; é mais. Em várias dessas empresas ele e pessoas de sua confiança tem assento nas diretorias. Ele não só procura entender, como tb participa do dia a dia da empresa. Exemplo: na Coke um de seus filhos possui assento na diretoria. Então faz assim: primeiro procura descobrir quem são todas pessoas de confiança do cabra buffett e depois vai de empresa a empresa e pesquisa a diretoria e outros cargos chaves, rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade. Mas contei rápido 71 empresas. Se não me engano, Buffett tem 10 analistas (ele incluso). Dividir 7 empresas pra cada e, se considerarmos a questão dos tipos de mercado envolvidos, nem acho que seja muito, visto que a única coisa que os caras fazem da vida é analisar essas empresas/negócios.

      Excluir
    2. A empresa dele cresceu muito de tamanho. Já não consegue se movimentar com tanta liberdade e necessariamente tem que ter muito mais empresas. A última vez que vi a empresa tinha uma capitalização de 200 bilhões de dólar, haja market depth para aguentar isso.
      Isso é uma vantagem de investidores médios. Possuem algumas centenas de milhões sobre administração o que abre as portas para muitos mercados, mas podem operar sem grande impacto. O fundo verde vai, segundo notícia que li, "amortizar" para os quotistas cinco bilhões do seu PL de 14Bi. A justificativa é que um fundo de 14BI fica inviável de operar no Brasil pelo seu tamanho, já que o market depth do Brasil é muito raso. Talvez se no Brasil começassem a instituir dark pools, mas creio que isso não passaria tão fácil na CVM e nem sei se o mercado aqui já tem demanda para esse tipo de plataforma.

      Abraço!

      Excluir
    3. Jonas 19:16

      Por que esta tentando me desqualificar?

      Voce mesmo disse a diferença entre o investidor Warren Buffett e o oráculo dimamá. WB compra a empresa, tem assento no conselho, defende seus interesses. Compra empresas que visualiza potencial. Dimamá faz umas continhas e acha consegue avaliar um negócio

      Brincadeira este blog, cada um viu

      Excluir
    4. Soul,

      tem razão. O tamanho vai deixando as coisas cada vez mais difíceis. Fica bem complicado investir essa grana toda. Realmente, o investidor médio não tem esses problemas.

      []s!

      Excluir
    5. "Jorge", rs

      O Buffett não chega a comprar a empresa; ele compra parcelas consideráveis que o permite eleger membros, etc...

      E outra, quem tem assento não está lá pra defender os seus interesses, mas sim pra "contribuir" para o interesse comum de toda a empresa: lucro e tals, rs. Aquele que se propõe defender seus interesses numa diretoria de empresa tem um nome: insider. E me parece que essa postura é crime ou coisa próxima, rs

      ps - jorge, só vc me chama de jonas que é pra não queimar o filme do seu avatar sem graça; deixa de ser bobo e cai de cabeça soltando suas asneiras já que seu avatar tb é anonimo mesmo... kkkk Qualquer coisa é só fechar o atual e abrir um novo já que sabemos que a "troll agem" never ends, rs

      Excluir
    6. Jonas do céu, este seu comentario é emblematico pois mostra seu desconhecimento explicitamente. Dimarcinho apaga a besteira acima pra nao ficar chato pro jonas.

      Tenho 2 observacoes

      1. Voce nao sabe a diferença entre alguem do conselho e um diretor

      2. Voce nao sabe o papel de um conselheiro. "Contribuir para o interesse comum da empresa, luvro e tals" foi boa cara, vc foi bem neste comentario

      Eu paro por aqui. Kkkkkkk só dando risada

      Excluir
    7. O jonas disse "insider"? Acionista é insider?

      Kkkkkkkk

      Excluir
    8. Cauma, fofo, vejo que vc ficou bem agitado noite passada e perdeu o controle do falador, rs

      Meu comentário é dirigido ao que vc falou: "WB compra a empresa, tem assento no conselho, defende seus interesses".

      Claro, são definidas competências específicas a cada um, mas todas convergem pro mesmo objetivo. Pelo menos no "papel" ninguém pode estar ali sejam nos conselhos, diretorias, etc... pra defender seu interesse exclusivo, mas sim, do objetivo comum da empresa ("contribuir" para o interesse comum de toda a empresa: lucro e tals).

      Afinal de contas o interesse em todos níveis de pessoas e funções numa empresa devem convergir pro interesse comum da "sociedade" e não da "suciedade" (reunião de alguns súcias e seus interesses exclusivos na empresa, rs)

      Sobre o papel do conselho e outros, consta aqui: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6404consol.htm Se ler com cauma, entenderá....

      Excluir
    9. Ah, e pra poder usufruir da vantagem de insider é preciso ser acionista, nem que seja por um período de horas, rs

      A não ser é claro "insider de web" que é aquele que depois que a ação já subiu ou caiu uns 30% ele vem aqui nos contar todo pimpão que já tinha comprado ou vendido na hora certa....

      Excluir
    10. Jonas, voce esta dando muita bola fora.

      Para de insistir neste papinho besta de interesse da sociedade. Pára, rsrsrs

      Eu vi que no conselho da Petrobras todos defendem o que é melhor para a empresa, principalmente o majoritario.

      Inocente, kkkk

      Excluir
    11. Estou impressionado como a discussão de vcs está produtiva...

      Excluir
    12. Jonas aproveita e muda o assunto e fala da produtividade da discussao

      Assim nao falamos do modelo warren buffett de comprar parte da empresa, pegar assento no conselho (insider?) e defender seus interesses como acionista

      Excluir
    13. Anônimo,

      tu vai comprar alguma empresa? Vai sentar em algum assento da mesma? Pq diabos vc quer saber sobre isso, então?

      Excluir
    14. Marcio, se voce nao se importa com governança das empresas vou fazer o que né?

      Excluir
  7. Não consigo entender alguém que diz que preço não faz a menor diferença. Será que comprar ações do BB a 18,00 e igual a comprar a 36,00?
    Mas nem é sobre isso que quero comentar. Gostaria de observar que no início do século a Vale e as siderúrgicas eram as grandes vedetes da bolsa e hoje como elas estão?
    Esse exemplo serve para demostrar que um setor ou empresa que era bom no passado hoje pode não ser. portanto devemos ficar atentos a essas mudanças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tens razão.

      E é importante notar que quado a empresa é "vedete", como a Ambev hoje, ela acaba tendo múltiplos altos. Se ela no futuro não desempenha tão bem como o esperado, o mercado vai penalizá-la, como mostrei no quadro do texto.

      []s!

      Excluir
    2. E ai nao compra nunca a ambev? Quem comprou nos ultimos anos esta ganhando sempre. Faz o que?

      Excluir
    3. Anônimo 3 de setembro de 2014 20:23,

      eu escrevi para não comprar Ambev nunca?

      Excluir
    4. Se ela fica 10 anos "cara", quando compra? Quando ficar barata? Voce concorda comigo que isso pode significar "nunca"?

      Excluir
    5. Anônimo,

      vc sempre vem aqui perguntar sobre isso. Desiste cara. Se vc não entende e, aparentemente, não quer entender, não vou ficar perdendo meu tempo novamente contigo, ok?

      Excluir
    6. Sua estrategia é mutante

      Excluir
  8. Boa noite!Mais um excelente post!Fiquei curioso com seu comentário no blog do Guardião:"Como não ficar de fora no movimento de alta dos papéis".Poderia fazer um post sobre isso,ou disponibilizar o link?.Na verdade estou eufórico com BBAS3 e PETR4.Vi o ADP e outros blogueiros com planos de sair da BBAS3.Sei que cada um tem suas estratégias.A minha é que as BBAS3 representam uma porcentagem alta da carteira.venderia para rebalancear e claro"sair no lucro".Já a PETR4,não estou gostando dos fundamentos e tudo mais.E também representa uma grande porcentagem na carteira.Saí é mais complicado que entrar!Rsrs
    Acionista25

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Acionista25,

      escrevi aquilo de bate-pronto, não há link com tal informação. Posso sim fazer um post.

      Mesmo com esta alta toda, ainda acho Banco do Brasil descontada. Acho que ela deveria ter um P/L mais justo, atualmente, em torno de uns 12.

      []s!

      Excluir
  9. O que mata são essas tais expectativas, agora super positiva! IBOV dispara, faz lembrar a época em que a Petrobras anunciou a descoberta do pre-sal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas IC, o resultado é movido por expectativas. Os modelos de precificação e tudo mais trabalham com expectativas de retornos futuros. Sempre, sempre expectativas. E se você possui uma expectativa de que uma empresa irá ter um prejuízo de 10milhões e ela na verdade tem um prejuízo de apenas 1 milhão, é bem provável que o papel tenda a subir, mesmo havendo prejuízo.

      []s!

      Excluir
  10. Certa vez o marcinho comentou isso sobre ETFs

    dimarcinho12 de janeiro de 2013 13:07
    Perfeito.

    Só modificaria ali em cima que o Ibovespa HOJE possui 69 empresas...

    Ele vive mudando....

    O argumento de q o os fundos não conseguem bater o ETF é o mais utilizado e o pior de todos... rsrsrsrs

    vou esperar vc chegar pra lá, estou pra escrever sobre isso tb....

    ------

    Vai mudar de opiniao assim la na plataforma do pré-sal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não invalida nada do que disse acima.

      Excluir
    2. Como nao invalida? Voce falava dizer que é dificil bater ETFs era o pior e agora fala o contrario

      Excluir
  11. Olha isso


    dimarcinho14 de janeiro de 2013 22:44
    "Uma pessoa faz uma estatística analisando inúmeros fundos de investimentos e descobre que na média eles não batem o mercado. O fato de outra pessoa conhecer pessoas normais que bateram o mercado não invalida a estatística feita anteriormente."

    É aí que está o perigo destes estudos.

    Darei um exemplo idiota: concurso público. Vão 5mil pessoas e passam 100. Então, estaticamente falando a probabilidade de passar neste concurso é de 100/5000, ou seja, 2%, correto?

    Pois é... eu chamo isso de "estatística burra". Inclusive, a famosa "relação candidato-vaga" é tão estúpida qto esta comparação acima.

    Você pegar TODOS os fundos e investidores e fazer esta comparação, na minha visão, é o mesmo exemplo do concurso.

    Por exemplo, pq não separaram em fundos de valor? Quais eram as regras de alocação dos fundos? E as taxas de administração? E as taxas de performance? Quais as políticas de investimento? Os fundos podiam operar derivativos? Eles podiam aplicar em renda fixa ou reit? Etc, etc, etc

    E o que falar dos investidores médios, àqueles e entraram na Bolsa no oba-oba de 2008, compraram Petrobras a 100 e nunca haviam falado em ações?

    Se este livro do Bogle explica em detalhes como foi feita esta pesquisa, eu compro ele agora, pois o que justamente me interessa é esta metodologia.


    dimarcinho14 de janeiro de 2013 22:49
    Sobre teoria, só digo uma coisa: Hipótese dos Mercados (IN)Eficientes.

    E outra coisa: resultados.

    Uma teoria para ser validada precisa que os resultados reais batam com ela. Se tu achar uma carteira CAPM de 10 anos atrás batendo hj... rapaz...

    ResponderExcluir
  12. Voce disse isso, verdade absoluta


    dimarcinho25 de janeiro de 2013 10:30
    Cara, mas vcs falam como se a gente fosse montar o portfólio e nunca mais alterá-lo.

    Se as empresas forem ruins, elas vazam. Empresas que são ruins hoje, se ficarem boas entram, elas ficam boas. Eu não preciso comprar o papel a R$ 1,00 e depois 20 anos depois ele está valendo 400. Eu posso comprar ele quando estiver a 100 e ainda sim terei um ótimo desempenho...

    Porra, é tão difícil assim de visualizar?

    Outra coisa: o que tem a ver P/L baixo com o desempenho da empresa? P/L é uma relação de Preço. Assim, ele reflete um momento do mercado. O Banco do Brasil e Eternit são ótimos exemplos, pois são ambas empresas boas e lucrativas, mas devido a alguns riscos, o mercado desconta. Mas a questão reside justamente aí: vale à pena pagar pelo risco? Aí que entra a área de valuation, totalmente ignorada por quem apenas utiliza médias e retornos.

    Quais serão as empresa que estarão daki a 20 anos no topo? Impossível saber.

    Mas entendamos um conceito simples: se uma empresa foi lucrativa por períodos longos é de se esperar q ela continue assim, afinal de contas, nestes períodos tiveram crises, turbulências e ela soube superar. Já as empresas ruins vão pro buraco na primeira crise. Aí somem.

    E desta maneira é possível fazer uma previsão das empresas com maior probabilidade de continuarem ativas e as com menor.

    E Warren Buffett sempre investiu em empresas com "beta" pequeno... e, inclusive, ele prega para investir em empresas e não em matemática...

    Mas não vou mais falar sobre isso, pois vcs parecem seguir estes estudos como religião e não possuem o mínimo olhar crítico sob os mesmos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me mostre onde está "verdade absoluta".

      Excluir
    2. Quando voce diz "porra esta tao dificilde visualizar" esta afirmando que é uma verdade absoluta

      Excluir
    3. aaaaaaaaahhhhhhhhh......... agora sim, td faz sentido......... rsrsrsrsrs.......

      Excluir
  13. Destaco esta parte

    Mas entendamos um conceito simples: se uma empresa foi lucrativa por períodos longos é de se esperar q ela continue assim, afinal de contas, nestes períodos tiveram crises, turbulências e ela soube superar. Já as empresas ruins vão pro buraco na primeira crise. Aí somem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, uma falha minha. Até hoje não vi nenhum estudo mostrando que empresas que eram lucrativas, continuaram lucrativas. Assim que eu descobrir, eu comento aqui no blog.

      Isto é apenas intuitivo. Mas de intuição à realidade, vai um abismo.

      Excluir
    2. Quando voce diz que o "conceito é simples" quanquer um entende que não há dúvida no que disse. Se não há dúvida é uma "verdade absoluta".

      Voce pensava assim e mudou de ideia. Quem garante que nao vai mudar de ideia com relacao as verdades absolutas de hoje?

      É disso que falo, voce é voluvel demais

      Excluir
    3. Acho que sua maneira de interpretar textos é um pouco peculiar.... rsrsrsrs

      Excluir
  14. Verdade absoluta mas nao entendi

    Por que permanecer comprando se voce nao acredita que vai subir conforme a expectativa?


    dimarcinho30 de janeiro de 2013 10:43
    O problema disso é que em uma alta seguida, estilo da Ambev vc nunca consegue se aproveitar disso, pois sempre subindo e sempre vendendo... mas se o papel está num ascendente, o ideal era estar COMPRANDO e não vendendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não coloque palavras nos meus textos. Se a expectativa é de q vá continuar subindo, é óbvio que é para continuar comprando.

      Excluir
    2. Você é incorente demais cara, se o papel esta numa ascendente significa que voce esta operando cotacao.

      Voce nao fala nada com nada, totalmente incoerente com os comentarios "verdades absolutas" que voce nao mudaria uma virgula.

      Voce ja fez post falando que é pra comprar quando esta barato e nao vender quando esta caro, aqui voce fala que tem que continuar comprando e ali em cima voce falou que tem que vender se a expectativa é que nao vai subir (entendo como "esta caro")

      Voce esta perdido, navegando por instrumentos que vao ficar sem bateria em algumas horas. Cara, para num porto seguro e pense nas 3 situacoes diferentes que falou.

      Compra barato e nao vende quando esta cara, mas para de comprar

      Continua comprando enquanto esta subindo e o papel esta na ascendente (operando cotacao)

      Se acha que ta barato compra e se esta caro vende

      Qual das 3 abordagens seguir?

      Excluir
    3. Já falei 1000 vezes no blog qual a estratégia que sigo e vc ainda vem aqui perguntar.... rsrsrs...

      Se vc não consegue entender isso, do que dirá dos outros assuntos mais complexos, não é mesmo?

      Depois eu q sou incoerente.... rs

      Excluir
    4. Cauma profis, nao fica nervosinho, rs

      Voce diz sua estrategia, mais de 1000 vezes mas nao ficou claro. É so ver os comentarios acima para notar que existem 3 versoes diferentes sobre sua opiniao sobre estrategia. Compra barato, compra quando ta subindo, vende quando ta caro (ou nao vende nunca) como ja falou

      Excluir
    5. Não estou nervoso.

      Mas os caras vem aqui trollar com as coisas já escritas... pelo menos q sejam mais inteligentes...

      Minha estratégia é comprar baseado em preço, balizado por critérios fundamentalistas e fluxo de caixa por valuation. E se há isso, há venda sim, sempre que o ativo subir razoavelmente acima do que julgo o preço justo.

      Excluir
    6. Ta vendo, nao custa nada repetir de maneira clara

      Excluir
  15. Pra finalizar, quando vai falar dos livros que leu inteiros? Metade nao vale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, q de maneira isso irá ajudar?

      Excluir
    2. Afeta sua credibilidade

      Excluir
    3. Voce escreve um blog que se propoe passa as informacoes "como elas são" sobre investimento

      Atende pela alcunha de "profis"

      Diz que estudou e leu livros

      Que mal tem perguntar quais livros leu?

      Responde e ponto, por enquanto parece tudo mais um pouco de fantasia

      Excluir
    4. Não me convenceu ainda. Melhore seus argumentos.

      Excluir
    5. Eu nao preciso te convencer, eu preciso me convencer. Por enquanto eu estou bem convicto das suas capacidades e fantasias

      Excluir
    6. Então estamos resolvidos, pois eu não quero convencer vc de nada, rs

      Excluir
  16. kkkk

    Prófis, o anom agitado voltou a se debater noite passada por aqui, rs
    Ele escreve qualquer coisa como forma de implorar atenção.
    Nada contra a forma dele se divertir até porque é inofensiva....

    Então dê um pouco de atenção ao carente, mas cuidado pra não ser humilhado como rei arthur foi pelo cavaleiro negro: "Volte aqui seu covarde! Vc está fugindo de mim!"

    https://www.youtube.com/watch?v=StSSSud0CJU

    kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece ter sido uma crise, foram várias msgs. Não posso ficar um dia longe daqui! kkkk

      Excluir
    2. Eu falo que eles nao respondem nada, nada e nada

      Excluir
    3. Jonas, fico feliz em ser homenageado com a melhor cena da historia do cinema.

      Pena que o marcinho nao assistiu o filme, era muito menino, e nao entendeu nada

      Kkkk

      Excluir
    4. Menas, fofo, menas, rs

      Uma homenagem digna do seu papel aqui no nosso circo seria a do guardião da ponte da morte:

      http://www.youtube.com/watch?v=AR0rMd-VSQM

      kkkk

      ps - o marcinho pode até não entender nada de prima, rs, mas ele tem a rara virtude de não ter medo (e preguiça...) de ir buscar a saída do buraco; não se pode esperar que isso vá acontecer como num passe de mágica ou que o cabra não vá errar e resmungar um monte na ralação que é pra sair do buraco... kkkk. Mas tb não só gosto de notar os artistas no picadeiro como tb as reações da platéia! Já pensou se daqui algum tempo o marcinho nessa sua trilha de sair do buraco, acabar ficando mais "sabido" que nós dois juntos? =8^O Por mim - enquanto platéia - vou aplaudir, mas seilá, quanto a vc tenho impressão que irá vaiar..... rs

      Excluir
    5. Bom, neste caso, ambas entendi!! E a do guardião da morte eu to rindo demais!!! kkkkkkk

      Excluir
    6. Voces 2 podem saber mais que eu, contanto que eu continue ganhando mais dinheiro que voces, nao tem problema nenhum

      Excluir
    7. Muito bom o video. Rindo muito mas vou me abster de comentar por marcinho ficar feliz

      Excluir
    8. Falou o "milhonário", que ganha e tem muito dinheiro e em suas horas vagas vem trollar aqui no meu humilde blog.

      Acreditamos em vc, anônimo!

      Excluir
    9. Mas é isso mesmo marcio, tenho tanto dinheiro que posso me dar ao luxo de ficar aqui te trollando

      Se eu tivesse tido a sua ideia sobre o IR entao estaria mais rico ainda

      Pena que nao pensei nisso antes

      Excluir
  17. jonas, já que o dimarcinho está envergonhado e bloqueou comentários lá naquele post do IR, vou comentar aqui

    você está criticando a ideia aloprada do preço médio pra cima, eu concordo com você que é aloprada e sem sentido, mas do ponto de vista matemático, é correto (tem que descontar corretagens)

    se quer criticar a parte matemática, comece criticando este post do dimarcinho em 16/03/2013 (Elisão fiscal em ações) http://di-finance.blogspot.com.br/2013/03/elisao-fiscal-com-acoes.html

    lá ele disse, dentre outras besteiras que não concordo, isso aqui

    "Como você faz isso, é FATO de que você pagará menos imposto. Inclusive, é possível provar matematicamente. Clique aqui para ver a prova matemática."

    Ele coloca até um link para um arquivo que prova, segundo ele, matematicamente.

    discute com ele aí então

    obs - eu não cliquei no arquivo porque considero desnecessário, além do mais pode ter vírus ;)

    []s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofo, agora eu tô de saída, rs

      Mas estou realmente impressionado - sendo essa a terceira ou quarta vez - com vc pulando de um lado por outro pra tentar se justificar diretamente comigo que essa asneira de ser possível reduzir imposto fazendo preço médio pra cima é matematicamente correto....

      Porque vc tá preocupado em não cair no conceito de um reles anônimo como eu, rs?

      ps - o equívoco dos outros não minimiza o seu, fofo.

      Excluir
    2. Jonas, meu cunhado.

      Voce que me impressiona com sua sabedoria e maturidade ficar respondendo ativamente a um mero anonimo insignificante, insistindo em me convencer do meu erro. Vou premia-lo nesta noite quente com um cordial aceite de culpa. eu estou errado, muito errado e voce esta certo, como sempre.

      Abraços bobinho!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...